comodo-pequeno

Decoração: 6 erros que você deve evitar

Muitas vezes, no afã de deixar a casa bonita e organizada, as pessoas acabam cometendo falhas decorativas que comprometem não só a estética do ambiente, como também a funcionalidade e aproveitamento do espaço. Para evitar que isso aconteça na sua residência, selecionamos os erros de decoração mais comuns. Confira nossa lista de falhas decorativas e fuja delas a todo custo!

1. Não planejar a decoração

Um dos maiores erros no processo de decoração das casas e apartamentos é não fazer um planejamento prévio e tomar decisões de forma impulsiva. Da pequena mudança na disposição dos móveis, até intervenções como pinturas e reformas, é essencial colocar o projeto de decoração no papel, priorizar as necessidades de cada ambiente e pensar na melhor maneira de aproveitar cada área.

2. Comprar os móveis sem considerar a medida do ambiente

Antes de comprar os móveis para cada cômodo, é necessário conhecer e considerar as proporções do espaço. É muito comum ver pessoas comprando estofados profundos e largos que mal passam na porta ou racks enormes para salas pequenas. Esse tipo de erro faz com que os ambientes pareçam menores do que realmente são.

3. Prejudicar a área de circulação

Outra falha recorrente é comprometer o espaço de circulação nos ambientes, colocando pufes, esculturas, plantas e móveis de forma aleatória no ambiente. Evite essa prática, pois o ideal é deixar espaços de 50 a 90 centímetros entre os móveis e as paredes. Isso garante o conforto e a mobilidade dos moradores, além de evitar acidentes, como esbarrões em quinas.

4. Misturar muitas cores e padrões

Decorações coloridas são modernas, joviais e irreverentes, mas é preciso tomar cuidado com os excessos e também com as misturas de padrões. Um mix de estampas com frutas, flores, animal print e grafismos étnicos não cai bem. Sempre que houver uma estampa, faça o contraponto com cores neutras para o visual ficar equilibrado, caso contrário, o efeito será over. Quanto às tonalidades vibrantes, siga o mesmo princípio, evite os exageros e procure harmonizar as cores, optando por tons que dialoguem entre si.

5. Forro de gesso em casas com o pé direito baixo

Em casas com o pé direito baixo, uma gafe das grandes é rebaixar o teto com gesso. Isso acaba provocando a sensação de achatamento, o que torna o espaço mais compacto do que já é. Pior ainda quando as sancas são decoradas e a pessoa arremata o teto com uma grande luminária pendente: a amplitude do cômodo fica comprometida.

6. Espelhos para todo lado

Os espelhos são artigos elegantes, que ampliam o espaço visualmente, além de agregarem um tom glamouroso à decoração, mas mesmo assim eles precisam ser usados com moderação. O excesso pode fazer os espelhos perderem o encanto e parte de sua elegância, além de transparecer certa ostentação. Para acertar, prefira os espelhos em fundo de corredores, portas de móveis, painéis e divisórias. No teto, nos vasos e outros elementos decorativos eles podem soar exagerados.

E aí, você costuma cometer esses erros? Vai deixá-los no passado a partir de agora? Compartilhe suas opiniões e experiências com a gente!

Fonte: CasaShow

Categoria: DECORAÇÃO

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigo por: nmundoblog