quarto criança

QUARTO MONTESSORIANO: ENTENDA O MÉTODO E APRENDA A DECORAR O AMBIENTE

O objetivo do quarto montessoriano é oferecer um lugar com móveis e objetos na altura dos olhos da criança para que ela possa desenvolver a sua autonomia e liberdade com segurança.

Um quarto para bebês, e não para adultos. Essa é a principal premissa de um quarto montessoriano, metodologia de ensino criado pela educadora italiana Maria Montessori, por volta de 1907.

O método prioriza a autoeducação. Ou seja, o quarto deve oferecer elementos – posicionados na altura da criança – que estimulem o desenvolvimento e a autonomia de forma segura para que ela se sinta à vontade para explorar o espaço.

Por isso, ao invés de camas altas, colchões no chão oferecem maior liberdade para os pequenos, que podem deitar e levantar quando quiserem. Os brinquedos devem estar dispostos de forma que a criança possa pegá-los à vontade. Para despertar o interesse e não gerar monotonia, especialistas indicam que eles sejam oferecidos em esquema de rodízio e trocados há cada 15 dias.

Outros elementos importantes na composição do ambiente montessoriano:

Espelho | Para que seu filho possa se reconhecer. Ele deve ser colado em uma placa de MDF ou madeira e preso à parede para evitar que, se quebrar, os pedaços se soltem e machuquem a criança.

Barra afixada na parede | O objetivo é facilitar que a criança fique em pé e comece a andar.

Tapete | Para proporcionar experiências sensoriais para os bebês e delimitar o espaço de brincadeiras para os maiores.

Armário baixo | Armazene neste espaço poucas opções de roupas para que a criança possa escolher com facilidade.

SEGURANÇA

Em um ambiente com elementos ao alcance da criança, a principal preocupação dos pais é com a segurança. A arquiteta Cristiane Passos, responsável pelo projeto do quarto da Alice, alerta para as precauções que devem ser tomadas:

– Evite móveis ou outros elementos com quinas.

– Não use quadros com vidros. Prefira acrílico.

– Fixe os objetos na parede com fita dupla face. Evite o uso de pregos.

– Tome cuidado com móveis instáveis que possam tombar.

– Esconda e proteja as tomadas.

Fonte: Revista Casa e Jardim

Categoria: ATUALIDADE

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigo por: nmundoblog