29.03

5 dicas para aproximar os vizinhos dentro do condomínio

Pressa, timidez ou desconfiança. Os motivos para não saber ao menos o nome do vizinho que mora no apartamento ao lado são muitos. Mas essa integração social pode ser decisiva em uma situação de emergência, atividade profissional ou até mesmo em um novo relacionamento amoroso. É com esse objetivo que condomínios de São Paulo estão cada vez mais investindo em promoções de convívio social para melhorar a interação entre os moradores.

Atividades voltadas à terceira idade, bazares, churrasco aos finais de semana, passeios em conjunto entre os moradores e jogos. Essas são algumas das atividades que condomínios paulistas adotaram para tornar o ambiente mais familiar e agradável possível. A organização dessa integração, na maioria das vezes, é feita pelo próprio síndico, que deixa de lado o perfil de gerente para assumir o papel de monitor ou recreador.

A união entre os moradores, além de tornar o ambiente mais harmonioso, fortalece a atividade do condomínio, contribui para a tomada de decisões em conjunto e abre um leque de opções, inclusive, para racionalização de custos.

O primeiro passo para iniciar este processo de sociabilização, no entanto, deve partir dos próprios moradores. A dica é organizar um pequeno grupo de moradores e propor ao síndico atividades que estimulem a união de todos. A partir daí a interação ganha corpo naturalmente até a adesão da maioria.

Essas atividades são bastante importantes, mas é bom deixar claro que ninguém é obrigado a participar. É importante respeitar as escolhas de cada morador para que o convívio social não seja forçado. Confira as dicas que preparamos para aproximar os vizinhos:

  1. Conheça o seu público. Um condomínio com a maioria de crianças e adolescentes não vai se interessar por um bazar por exemplo;
  2. Faça uma pesquisa interna, ouça os condôminos. Eles podem ter contribuições valiosas para uma maior integração;
  3. Faça festas temáticas: dia das crianças, natal, eventos como copa do mundo são datas importantes para realizar festas de integração entre os condôminos;
  4. Comunicação é tudo. Divulgue os eventos do condomínio em locais de muita circulação e com boa antecedência. Isso ajuda as pessoas a se programarem.
  5. Organize uma agenda de eventos nas férias escolares: esportes, brincadeiras, monitores. As crianças se aproximam e incentivam os pais a participarem.

Fonte: Lello Condomínios 

Categoria: CONDOMÍNIOS

3 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigo por: nmundoblog